[1]
M. Lanna, “A imaginação sociológica inaudita de C. Lévi-Strauss”, Cad. Campo (São Paulo 1991), vol. 17, nº 17, p. 263-274, mar. 2008.