O uso da tecnologia/metodologia WebQuest em práticas pedagógicas no contexto de uma Licenciatura em Letras/Espanhol

Autores

  • Raquel La Corte dos Santos Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i13p56-77

Palavras-chave:

Tecnologia, WebQuest, metodologia, espanhol.

Resumo

Discutimos, neste artigo, o uso da tecnologia WebQuest em práticas vivenciadas na disciplina Metodologia do Ensino e Aprendizagem de Línguas, de um curso de Licenciatura em Letras/Espanhol. O objetivo da proposta era que os estudantes pudessem ampliar seus conhecimentos sobre metodologias (com foco no espanhol), melhorar seu nível de letramento digital e refletir sobre a apropriação social das tecnologias digitais no campo do ensino e aprendizagem de línguas. Nas aulas, partimos dos conhecimentos prévios dos alunos e da discussão de obras que tratassem sobre as principais metodologias de ensino e aprendizagem de línguas e de outras que abordassem, em linhas gerais, a questão do letramento digital e, em termos específicos, que versassem sobre a WebQuest. Para tanto, nos apoiamos nos trabalhos de Levy (2010), Xavier (2005) e Dias (2010), dentre outros. Os resultados alcançados foram a criação de WebQuests, o aprofundamento da reflexão sobre a importância do uso pedagógico de tecnologias e a melhora do letramento digital dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel La Corte dos Santos, Universidade Federal de Sergipe

Doutora em Letras (Língua Espanhola e Literatura Espanhola e Hispano-Americana) pela Universidade de São Paulo (2015) e Mestre em Linguística e Semiótica Geral também pela Universidade de São Paulo (2002). Atualmente é professora adjunta na Universidade Federal de Sergipe. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: linguagens, letramentos, língua espanhola e uso das tecnologias no ensino e aprendizagem de línguas.

Referências

Buzato, Marcelo El Khouri. Letramentos Digitais e Formação de Professores. São Paulo: Portal Educarede, 2006.

Castells, Manuel. Sociedade em rede – A era da informática: economia, sociedade e cultura. v. 1. São Paulo: Paz e Terra, 2009.

Dias, Reinildes. “Webquests no processo de aprendizagem de L2 no meio on-line”. In: Paiva, Menezes, Vera Lucia (Org.). Interação e aprendizagem em ambiente virtual. 2 ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010, p. 359-394.

Gomes, Luís Fernando. Hipertextos multimodais: leitura e escrita na era digital. Jundiaí (SP): Paco Editorial, 2010.

Kenski, Vani Moreira. Educação e Tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas (SP): Papirus, 2014.

Lemos, André. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre: Sulina, 2002.

Lévy, Pierre. Cibercultura. Trad. Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34, 2010.

Mercedes, Maria del Pilar Hernandez. Tareas Significativas y recursos en Internet: WebQuest. MarcoELE. Revista de didáctica ELE. num. 6, 2008.

Rudiger, Francisco. Introdução às teorias da cibercultura. Porto Alegre: Sulina, 2007.

Soares, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autentica, 2002.

Xavier, Antonio Carlos dos Santos. Letramento digital e ensino. In: Ferraz, Carmi e Mendonça, Marcia (Orgs.) Alfabetização e Letramento: conceitos e relações. Belo Horizonte: Autêntica, 2005, p.133-148.

Vygotsky, Lev Semenovitch. A Formação Social da Mente. São Paulo, Martins Fontes, 1988.

Downloads

Publicado

2017-03-31

Como Citar

SANTOS, R. L. C. dos. O uso da tecnologia/metodologia WebQuest em práticas pedagógicas no contexto de uma Licenciatura em Letras/Espanhol. Caracol, [S. l.], n. 13, p. 56-77, 2017. DOI: 10.11606/issn.2317-9651.v0i13p56-77. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/caracol/article/view/123441. Acesso em: 24 out. 2021.