Ficção e filosofia em Las Conversaciones de César Aira

Autores

  • Luciene Azevedo Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.i20p594-611

Palavras-chave:

Ficção, Verossimilhança, César Aira

Resumo

A teorização sobre a mímesis, e também o que mais tarde viríamos a chamar de literatura, nasce sob o signo da desconfiança do olhar do filósofo. Assim, tomando como ponto de partida uma breve reflexão sobre a noção de verossimilhança a partir de passagens dos clássicos como A República de Platão e Poética de Aristóteles, o ensaio comenta o romance Las conversaciones (2007) de César Aira com o objetivo de analisar por meio da obra do autor argentino a continuação do diálogo entre a ficção e a filosofia. Apostamos, então, que se a remissão metaficcional, presente em muitas das obras do autor argentino, e muito comum à sua assinatura como escritor, pode constituir parte de um projeto literário, também é oportunidade para a reflexão mais ampla sobre o modo de funcionamento da literatura, sobre as relações com o realismo e o elogio dos mundos imaginados pela ficção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciene Azevedo, Universidade Federal da Bahia

Luciene Azevedo é doutora em Literatura Comparada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde também realizou seu pós-doutorado sobre as formas contemporâneas do romance. Professora de Teoria Literária da Universidade Federal da Bahia, vinculada ao programa de pós-graduação em Literatura e Cultura, seus temas de investigação no grupo de pesquisa Leituras Contemporâneas são o romance do século XXI, a autoficção, a performance autoral e investigações sobre o campo literário. E-mail: aaluciene@gmail.com 

Referências

AIRA, César. Las Conversaciones. Rosario. Beatriz Viterbo: 2007.

AIRA, César. Copi. Rosario. Beatriz Viterbo: 1991.

ARISTÓTELES. Poética. Trad. Eudoro de Souza. São Paulo. Ars Poética:1992.

BARTHES, Roland. O efeito de real. In: O rumor da língua. Trad. Mário Laranjeira. São Paulo. Cultrix: 2004.

BORGES, Jorge Luis. História Universal da Infâmia. Trad. Davi Arrigucci Jr. São Paulo. Companhia das Letras: 2012.

CONTRERAS, Sandra. Las vueltas de César Aira. Rosario. Beatriz Viterbo: 2002.

DELEUZE. G. Platão e o simulacro. In: Lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva: 1974

MARTÍNEZ, Tomás Eloy. Ficciones verdaderas. Hechos reales que inspiraron grandes obras literarias. Planeta, Buenos Aires: 2006.

PLATÃO. A República. Guinsburg, Jacó (org. e tradução). São Paulo. Perspectiva: 2006.

RANCIÈRE, Jacques. O efeito de realidade e a política da ficção. In: Novos estudos - CEBRAP no.86 São Paulo Mar. 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-33002010000100004. (04-11-2017).

SAGER, Valeria. El punto en el tiempo : Realismo y gran obra en Juan José Saer y César Aira (Tesis de posgrado). -- Presentada en Universidad Nacional de La Plata. Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación para optar al grado de Doctora en Letras. 2014. http://www.memoria.fahce.unlp.edu.ar/tesis/te.1079/te.1079.pdf (04-11-2017).

SARLO, Beatriz. “?Cuánta invención es posible?”. In: Diário Perfil, Buenos Aires, 07-02-2008.

Downloads

Publicado

2020-12-23

Como Citar

AZEVEDO, L. Ficção e filosofia em Las Conversaciones de César Aira. Caracol, [S. l.], n. 20, p. 594-611, 2020. DOI: 10.11606/issn.2317-9651.i20p594-611. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/caracol/article/view/140934. Acesso em: 7 jul. 2022.