Como se faz um deserto? Resenha de: Uriarte, Javier. The Desertmakers: Travel, War, and the State in Latin America. New York: Routledge, 2020, 323 p.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.i22p474-482

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Byron Vélez Escallón, Universidade Federal de Santa Catarina

Bairon Oswaldo Vélez Escallón é doutor em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014). Fez mestrado no Programa de Pós-graduação em Literatura da mesma Universidade (2010) e graduação em Estudos Literários no curso de Graduação em Literatura da Universidad Nacional de Colombia (2006). Foi professor substituto no Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras da UFSC, no primeiro semestre de 2014. Também foi professor no Programa de Pós-graduação em Literatura da mesma Universidade no segundo semestre de 2015, ministrando a disciplina ?Sinais, instrumentos, constelações: roteiros na poesia latino-americana moderna?, articulada à Linha de Pesquisa ?Poesia e Aesthesis?. Atualmente é bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD/CAPES) e desenvolve uma pesquisa sobre as relações entre as obras de Jorge Luis Borges e Guimarães Rosa, particularmente a partir do interesse que ambos os autores manifestaram pelas teorias da quarta dimensão. Editor da Revista Outra Travessia (Qualis/CAPES-A2), da Pós-graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina. Participa como pesquisador do Núcleo Juan Carlos Onetti de Estudos Literários Latino- Americanos e do NELIC.

Downloads

Publicado

2021-11-01

Como Citar

ESCALLÓN, B. V. Como se faz um deserto? Resenha de: Uriarte, Javier. The Desertmakers: Travel, War, and the State in Latin America. New York: Routledge, 2020, 323 p. Caracol, [S. l.], n. 22, p. 474-482, 2021. DOI: 10.11606/issn.2317-9651.i22p474-482. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/caracol/article/view/174720. Acesso em: 28 jan. 2022.