Juana Manuela Gorriti, uma jornalista argentina do século XIX

Autores

  • Marina Liliana Guidotti Universidad del Salvador

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i2p42-71

Palavras-chave:

Argentina, siglo XIX, periodismo, mujeres, Gorriti.

Resumo

Juana Manuela Gorriti, (Argentina, 1816-1892), demonstrou possuir um especial talento como escritora de narrativa, mas também uma grande capacidade e perspicácia para dar conta dos acontecimentos históricos, eventos culturais, pensamentos e sensibilidade das sociedades das quais fez parte. No âmbito jornalístico alcançou notável reconhecimento ao colaborar assiduamente com importantes jornais de toda América. Seu projeto mais ambiciosos neste campo foi o lançamento, em Buenos Aires em 1877, de La Alborata del Plata, que dirigiu até 1978, em que outras escritores continuaram com seu legado. Da análise dos artigos editoriais que se estudam neste trabalho, se desprende que são de sua autoria, tanto pelas marcas de enunciação no discurso como pelas ideias ali desenvolvidas, já que coincidem com as opiniões que expôs e defendeu em toda sua produção: uma visão americanista que contemplava a conservação das línguas regionais e os traços particulares de cada nação; uma permanente e ativa da educação feminina; uma preocupação em incorporar os benefícios das ciências na vida cotidiana e uma atitude comprometida com a consolidação de um sistema democrático de governo em que as mulheres tivessem ativa participação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Liliana Guidotti, Universidad del Salvador

Marina Liliana Guidotti é doutora em Letras, Universidad del Salvador, Buenos Aires, Argentina

Publicado

2011-12-07

Como Citar

GUIDOTTI, M. L. Juana Manuela Gorriti, uma jornalista argentina do século XIX. Caracol, [S. l.], n. 2, p. 42-71, 2011. DOI: 10.11606/issn.2317-9651.v0i2p42-71. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/caracol/article/view/57652. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê