[1]
A. M. Simões, “A variação linguística no espanhol comparada ao português brasileiro no âmbito do objeto pronominal acusativo de 3ª pessoa”, Caracol (São Paulo), nº 19, p. 140-171, jun. 2020.