[1]
M. Hatoum, “Margens secas da cidade”, Caracol (São Paulo), nº 1, p. 20-25, dez. 2010.