[1]
M. S. Galán, “A voz do narrador, o olhar dos habitantes da Corte e o corpo de Precisoa”, Caracol (São Paulo), vol. 1, nº 6, p. 64-79, dez. 2013.