Voltar aos Detalhes do Artigo VOLTAIRE E O LUXO: D’O MUNDANO AO ANTIMUNDANO? Baixar Baixar PDF