POLÍTICA E GOVERNO SÃO O MESMO? UMA REFLEXÃO A PARTIR DE HANNAH ARENDT

  • Maria Cristina Müller
Palavras-chave: política, governo, comunicação ilimitada, amizade, Hannah Arendt

Resumo

A temática que percorre esse artigo diz respeito à distinção entre política e governo. Objetiva-se demonstrar a impossibilidade de reduzir política às funções que cabem aos governos, bem como apresentar a importância da constituição e preservação do mundo comum, onde homens e mulheres podem aparecer a outros seres humanos, apresentar seus pontos de vista e, deste modo, experimentar a liberdade. Parte-se do pressuposto de que a sociedade contemporânea é caracterizada pela perda do envolvimento do cidadão com o mundo; parece que houve o esquecimento de que é neste mundo comum que cada um pode apresentar suas opiniões, confrontá-las com as opiniões dos demais, manifestar sua singularidade e agir. O homem-da-massa triunfou em detrimento do cidadão. Assim, o significado da política é subvertido e os objetivos do governo são deturpados. O cidadão é aquele que possui “espírito” público, que tem compromisso com a república – com a coisa pública – e com o bem comum. Ao compreender a extensão desse compromisso para com o bem público, é possível asseverar que o compromisso de cada cidadão com a coisa pública não está restrito apenas à relação bilateral entre o indivíduo e o Estado, mas embasa-se na relação dos indivíduos entre si. Portanto, a questão que se impõe como relevante diz respeito àquilo que vincula os cidadãos nas comunidades políticas. Apontar-se-á que o elemento unificador da relação entre os cidadãos consiste na amizade, essa entendida enquanto philia. A investigação utiliza como referencial teórico a filósofa contemporânea Hannah Arendt e seus escritos. O texto está dividido em três momentos: análise do consentimento – contrato – entre os cidadãos para a constituição dos Estados; a comunicação ilimitada como o elemento novo para a vinculação entre os cidadãos; a amizade como o vínculo que une os cidadãos numa comunidade política.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-06-08
Como Citar
Müller, M. (2016). POLÍTICA E GOVERNO SÃO O MESMO? UMA REFLEXÃO A PARTIR DE HANNAH ARENDT. Cadernos De Ética E Filosofia Política, 1(28), 86-96. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/cefp/article/view/116272