Hobbes, Holbach e a teoria das paixões

importância da passagem pela física e pela teoria do conhecimento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1517-0128.v1i34p176-193

Palavras-chave:

Hobbes, Holbach, Paixões

Resumo

Trata-se de um artigo que visa a comparar as teorias das paixões entre dois autores materialistas: Hobbes e barão de Holbach. O objetvo é verificar em que medida ambos os autores consideram as paixões de uma perspectiva metafísica e fisiológica e quais as implicações que elas têm nas respectivas teorias políticas e morais de cada um, buscando assim traçar um percurso que leva de um ao outro, uma vez que Holbach seja notadamente influenciado por Hobbes, apesar de pontuais divergências em suas doutrinas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio Rodrigues de Avila, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Doutorando em Filosofia. Estudos voltados para materialismo e iluminismo francês do século XVIII.

Downloads

Publicado

2019-06-25

Como Citar

Avila, F. R. de. (2019). Hobbes, Holbach e a teoria das paixões: importância da passagem pela física e pela teoria do conhecimento. Cadernos De Ética E Filosofia Política, 1(34), 176-193. https://doi.org/10.11606/issn.1517-0128.v1i34p176-193

Edição

Seção

Tradução