Sobre mulher e filosofia ou uma canção para Simone de Beauvoir

Autores

  • Izilda Johanson Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1517-0128.v39i2p309-319

Palavras-chave:

Mulher, Filosofia, Filósofa, Interdisciplinaridade, Feminismo

Resumo

Quem frequenta discussões e debates dedicados à filosofia de Simone de Beauvoir sabe que não é incomum surgir em algum momento a inevitável questão sobre essa grande pensadora do século XX ter-se considerado principalmente escritora, mas não filósofa. Nossa proposta é de enfrentar essa questão diretamente como uma questão ou um problema de filosofia, e não um problema de Simone de Beauvoir com a filosofia, como alguns autores e autoras, filósofas feministas inclusive, há algum tempo vêm insistindo em fazer. Entendemos que o engajamento intelectual e feminista de Simone de Beauvoir é não só compatível como necessário à afirmação da autenticidade e originalidade de sua filosofia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Izilda Johanson, Universidade Federal de São Paulo

Professora de Filosofia Contemporânea do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Filosofia na Universidade Federal de São Paulo. Doutora em Filosofia pela Universidade de São Paulo.

Referências

BEAUVOIR, Simone. A força das coisas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 2013.

BEAUVOIR, Simone. O segundo sexo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

BEAUVOIR, Simone. Margaret A. Simons, and Jane Marie Todd. “Two Interviews with Simone De Beauvoir”. In: Hypatia 3, n. 3, pp. 11-27, 1989.

CANDIANI, Heci Regina. A tessitura da situação: a trama das opressões na obra de Simone de Beauvoir. 2018. 1 recurso online (190 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.

CANDIANI, Heci Regina. “O que pode ser criticado nas críticas a O segundo Sexo”. In: Cadernos Pagu, n. 56, 2019.

CHAPERON, Sylvie. “Auê sobre O segundo Sexo”. In: Cadernos Pagu, n. 12, pp. 37-53, 1999.

FOUCAULT, Michel - Entretiens de Roger-Pol Droit avec Michel Foucault au mois de juin 1975, publicada em Le Point 01/07/04 - N° 1659 p .82, consulta em 20/02/2020 em http://www.ipt.univ-paris8.fr/hist/documents/foucault.entretien1975.fr.html

KASULA, Florent Kambasu. Le Pouvoir chez Michel Foucault: Une épistémologie politique. Paris: Mon Petit Editeur, 2015.

KILOMBA, Grada e BORGES, Stephanie – Entrevista FLIP - Rádio Batuta, rádio de internet do Instituto Moreira Salles, 2019 Disponível em https://radiobatuta.com.br/programa/grada-kilomba-e-stephanie-borges/

LE DOEUFF, Michèle. L'Imaginaire philosophique. Paris: Payot, 1980.

LE DOEUFF, Michèle. L’Étude et le route. Des femmes, de la philosophie etc. Paris. Seuil. 1989.

MOI, Toril. Simone de Beauvoir: The Making of an Intellectual Woman. Oxford: Oxford University Press, 2008.

SIMONS, Margaret. “Confronting an impasse: reflections on the past and future of Beauvoir scholarship”. In: Hypatia, v. 25, n. 4, pp. 909-926, 2010.

SIMONS, Margaret. Beauvoir and the Second Sex: Feminism, Race, and the Origins of Existentialism. New York: Rowman & Littlefield, 1999.

SIMONS, Margaret. Beauvoir’s Ironic Sacrifice; or Why Philosophy Is Missing from her Memoirs. Disponível em: https://www.academia.edu/37013806/Beauvoirs_Long_March_published_title_of_revised_paper_Beauvoirs_Ironic_Sacrifice.

Downloads

Publicado

2021-12-21

Como Citar

Johanson, I. (2021). Sobre mulher e filosofia ou uma canção para Simone de Beauvoir. Cadernos De Ética E Filosofia Política, 39(2), 309-319. https://doi.org/10.11606/issn.1517-0128.v39i2p309-319