Rousseau: a condição humana e a política

Autores

  • Claudio Boeira Garcia Unijuí

Palavras-chave:

condição humana, homem natural, perfectibilidade, malheur

Resumo

Os impactos da obra de Rousseau não são menos notórios do que os desacordos entre seus intérpretes. Divergências que se assentam, entre outros fatos, nas considerações que o autor apresentou sobre os temas estado de natureza, homem natural, perfectibilidade e malheur, bem como nas descrições que ofereceu sobre o puro fato da existência humana, sobre o que é demandado pela vida em sociedade, e em suas análises acerca de escolhas, de formas de relações e de instituições que os homens estabeleceram nos percursos da sociabilidade. As considerações apresentadas nesse texto ajuízam que as meditações de Rousseau sobre tais temas podem ser avaliadas, sob justas medidas, quando se analisa as distinções e relações que elas demarcam entre as demandas existenciais e sociais da condição humana; quando se presta atenção aos significados de perfectibilidade, mediante os quais são referenciados e forjados seus enunciados e argumentos acerca da origem e da intensificação do mal-estar na vida em sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Garcia, C. B. (2010). Rousseau: a condição humana e a política. Cadernos De Ética E Filosofia Política, 1(16), 81-96. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/cefp/article/view/82595

Edição

Seção

Artigos