Contribuições do racionalismo crítico de Karl Popper para a filosofia política e social contemporânea

  • Geraldo das Dôres de Armendane
Palavras-chave: Racionalismo Crítico, Utopia, Sociedade Aberta, Dinâmica Social Gradual, Dinâmica Social Utópica

Resumo

Este artigo apresenta as contribuições do racionalismo crítico
popperiano ao debate filosófico político e social contemporâneo. O filósofo Karl Popper busca fundamentar o seu pensamento na tradição humanitária racionalista grega de inspiração socrática. Sócrates representa, para o filósofo austríaco, o ícone da liberdade de pensamento, da atividade crítica da razão e da defesa dos valores humanitários da democracia ateniense. Para tanto, em primeiro lugar, (a) trataremos da crítica popperianas às utopias, consideradas pelo filósofo austríaco como nocivas e perigosas quando se busca realizá-las no reino humano da atividade política; em segundo, (b) apresentaremos as críticas de Popper ao programa utópico do Estado Ideal de Platão; em terceiro, (c) analisaremos as críticas de Popper ao historicismo de Hegel e Marx e a ressonância do pensamento desses pensadores historicistas nos sistemas totalitários do século XX e, por fim, (d) trataremos das contribuições da idéia de mecânica social gradual de Popper frente à mecânica social
utópica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Armendane, G. das D. de. (1). Contribuições do racionalismo crítico de Karl Popper para a filosofia política e social contemporânea. Cadernos De Ética E Filosofia Política, 2(15), 7-26. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/cefp/article/view/82605
Seção
Artigos