[1]
T. Vargas, “Do engano do povo inglês ao fetichismo da representação: Luiz Roberto Salinas Fortes, escritor político”, Cad. Ética Filos. Polít., vol. 2, nº 31, p. 132-144, dez. 2017.