[1]
R. de C. Oliveira, “A confirmação do sujeito capaz em Ricoeur: identidade pessoal e imputação moral”, Cad. Ética Filos. Polít., vol. 2, nº 19, p. 29-42, dez. 2011.