[1]
M. Balieiro, NATUREZA E DEGRADAÇÃO MORAL EM JEAN-JACQUES ROUSSEAU, Cad. ética filos. polít., nº 21, p. 56-63, 1.