Braços para toda obra? Os haitianos e o mercado de trabalho no Amazonas

Autores

  • Sidney Antônio da Silva Universidade Federal do Amazonas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2595-2536.v26i1p85-99

Palavras-chave:

Haitianos, Mercado de trabalho, Cidadania.

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a relação entre imigração e mercado de trabalho, tomando como referência os haitianos que vivem em Manaus. Partindo da perspectiva de análise que aborda o imigrante como um “trabalhador temporário”, pretende-se sinalizar os limites dessa definição e suas implicações para o exercício da cidadania, já que ela o reduz o imigrante à condição de “força de trabalho” e não o reconhece enquanto sujeito de direitos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sidney Antônio da Silva, Universidade Federal do Amazonas

Antropólogo e professor do Departamento e Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Amazonas - UFAM. Coordena o Grupo de Estudos Migratórios na Amazônia- GEMA e a rede Migrações no Brasil Contemporâneo, do Instituto Brasil Plural (INCT/CNPq)

Downloads

Publicado

2016-02-22

Como Citar

Silva, S. A. da. (2016). Braços para toda obra? Os haitianos e o mercado de trabalho no Amazonas. Cadernos CERU, 26(1), 85-99. https://doi.org/10.11606/issn.2595-2536.v26i1p85-99

Edição

Seção

Dossiê Amazônia