ASSENTAMENTOS RURAIS E PRÁTICAS ECOLÓGICAS: UMA ANÁLISE EM DUAS MODALIDADES DIFERENCIADAS DE ASSENTAMENTO

Autores

  • Antonio Wagner Pereira Lopes Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agrícola
  • Maristela Simões do Carmo Universidade Estadual Paulista/Universidade Estadual de Campinas
  • Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco Universidade Estadual de Campinas
  • Vera Lúcia Botta Ferrante Centro Universitário de Araraquara (UNIARA)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2595-2536.v26i2p41-55

Palavras-chave:

Agroecologia. Grupos de produção. Sistemas agrícolas. Assentamentos rurais.

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar a existência e/ou a possibilidade de se adotarem práticas agrícolas ecológicas por grupos de assentados das regiões de Araraquara e Ribeirão Preto. Buscou-se discutir a perspectiva de um novo paradigma de produção, que venha substituir moldes comumente encontrados na produção da agricultura familiar e a possibilidade de ações expressas em sinais voltados à Agroecologia. O objetivo deste trabalho foi realizar uma caracterização no tocante à produção, à relação com os recursos naturais e à dimensão ambiental – discutindo, por meio dos mesmos, perspectivas de desenvolvimento rural para os assentamentos, em modalidades distintas de assentamento: um PA e um PDS. Metodologia: foram realizadas inúmeras visitas a campo, com intuito de melhor conhecer o modo de vida dos grupos dos assentados, registros fotográficos e aplicação de cinquenta questionários – trinta e um, no assentamento Bela Vista do Chibarro e dezenove, no assentamento Sepé Tiaraju, além de entrevistas com lideranças e dirigentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Wagner Pereira Lopes, Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agrícola

Graduado em Biologia pela FESURV – UniRV - GO (2000) e mestre em Agronomia (Produção e Tecnologia de
Sementes) pela UNESP - (2007). Doutor em Engenharia Agrícola, na área de concentração de Planejamento e Desenvolvimento Rural Sustentável pela Unicamp/FEAGRI (2015)

Maristela Simões do Carmo, Universidade Estadual Paulista/Universidade Estadual de Campinas

Livre Docente pela Universidade Estadual Paulista - UNESP (2001). Professora adjunta da UNESP. Profª colaboradora
da UNICAMP

Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco, Universidade Estadual de Campinas

Professora titular da UNICAMP, atuando junto à Faculdade de Engenharia Agrícola na área de Planejamento e
Desenvolvimento Rural

Vera Lúcia Botta Ferrante, Centro Universitário de Araraquara (UNIARA)

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1A. Coordenadora da Pós-Graduação em Desenvolvimento
Territorial e Meio Ambiente

Downloads

Publicado

2016-07-07

Como Citar

Lopes, A. W. P., Carmo, M. S. do, Bergamasco, S. M. P. P., & Ferrante, V. L. B. (2016). ASSENTAMENTOS RURAIS E PRÁTICAS ECOLÓGICAS: UMA ANÁLISE EM DUAS MODALIDADES DIFERENCIADAS DE ASSENTAMENTO. Cadernos CERU, 26(2), 41-55. https://doi.org/10.11606/issn.2595-2536.v26i2p41-55

Edição

Seção

Dossiê Amazônia