Periodização da dependência e padrão de reprodução do capitalismo

Autores

  • Fábio de Oliveira Maldonado USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2595-2536.v28i2p244-272

Palavras-chave:

Teoria Marxista da Dependência, Ruy Mauro Marini, Periodização da dependência, Padrão de reprodução do capital, Padrão de reprodução do capitalismo

Resumo

O presente estudo retoma o debate sobre a necessidade metodológica de uma periodização da dependência latino-americana. Apesar de algumas categorias de análise terem sido esboçadas para dar conta de historicizar o capitalismo dependente, tentou-se expor nesse artigo a predominância do âmbito econômico em noções como padrão de reprodução do capital que, é verdade, consiste numa contribuição efetiva para o estudo das etapas históricas da dependência. Para que o estudo pudesse avançar, foi realizado um debate sobre a necessidade de precisar a importância dos diferentes graus de abstração e suas respectivas categorias para cada objetivo analítico. Ao fim, foi proposto uma nova noção que viabilize identificar as regularidades da reprodução do capitalismo dependente nas diferentes etapas históricas, constituindo-se em um nível mais concreto de análise em relação ao padrão de reprodução do capital

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio de Oliveira Maldonado, USP

Mestre no Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina da Universidade de São Paulo, (PROLAM-USP). Membro do Núcleo de Trabalho e Pesquisa sobre a Práxis e Dialética de Marx (Núcleo Práxis), vinculado ao Laboratório de Economia Política e História Econômica da Universidade de São Paulo (LEPHE-USP). Também é membro do Núcleo de Estudos Sobre o Capitalismo Dependente (NECAD).

Downloads

Publicado

2018-01-31

Como Citar

Maldonado, F. de O. (2018). Periodização da dependência e padrão de reprodução do capitalismo. Cadernos CERU, 28(2), 244-272. https://doi.org/10.11606/issn.2595-2536.v28i2p244-272

Edição

Seção

Dossiê Amazônia