Estratégias em jogo: a surpresa do gol contra no futebol paranaense

  • Luiz Demétrio Janz Laibida UFPR
  • Sylvana Kelly Marques da Silva UFMA
Palavras-chave: Futebol; Curitiba; Sociedade; Configurações de poder

Resumo

Inquieta-nos a atenção ínfima dos cientistas sociais brasileiros a uma das principais manifestações da cultura nacional: o futebol. Por isso, das várias portas de entrada para se pensar os múltiplos sentidos que configuram os jogos de poder na esfera social, suas formas de cruzamento e interação, neste texto damos atenção ao futebol. Evidenciamos as configurações do poder no interior dos quatro clubes de futebol na capital do Paraná por meio do mapeamento dos seus principais dirigentes e suas relações sociais com as elites locais. O objetivo é apontar como a estrutura nuclear do jogo de futebol concebe o funcionamento da sociedade enquanto resultado de incontáveis e variados afrontamentos, transgressões e dispersões de acontecimentos que se sobressaem em meio às disputas engendradas nesse espaço em que o tradicional cede lugar ao novo; uma vez que os dirigentes dos clubes em questão estão perdendo os seus espaços para novos entrantes. A discussão arrola-se a partir das contribuições de Michel Foucault, localizada no modo como o autor abarca as dinâmicas sociais e históricas. De modo mais direto, fornecemos instrumentos teóricos e metodológicos para se avançar nos estudos da sociologia do esporte, a partir dos estudos da elite do futebol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Demétrio Janz Laibida, UFPR

Doutor em Sociologia pela UFPR, Pós doutorando em Sociologia pela mesma instituição, Professor de Sociologia do Quadro Próprio do Magistério do Estado do Paraná.

Sylvana Kelly Marques da Silva, UFMA

Doutora em Sociologia pela UFRN, Professora Adjunta e Coordenadora no curso de Turismo pela UFMA.

 

Publicado
2020-04-23
Como Citar
Laibida, L., & Silva, S. (2020). Estratégias em jogo: a surpresa do gol contra no futebol paranaense. Cadernos CERU, 30(2), 85-101. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/ceru/article/view/169032