Imigração e Educação: os portugueses em São Paulo no início do século XX

  • Zeila de Brito Fabri Demartini Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Centro de Estudos Rurais Urbanos
Palavras-chave: Imigração portuguesa, História da educação, São Paulo

Resumo

Focalizamos nossa atenção na imigração portuguesa, ainda pouco estudada no contexto metropolitano de São Paulo, visando apreender as representações de integrantes de famílias de imigrantes sobre seus cotidianos, as vivências e estratégias que desenvolveram no contexto da pluralidade de grupos sociais e das transformações ocorrentes nesta cidade: também conhecer as instituições ligadas aos mesmos, sua estrutura e funcionamento. Tratamos de modo especial das relações estabelecidas no campo educacional, evidenciando como havia simultaneamente uma preocupação dos imigrantes com a melhoria da educação em Portugal, assim conto uma inserção no campo educacional paulista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Zeila de Brito Fabri Demartini, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Centro de Estudos Rurais Urbanos
Professora Convidada da Faculdade de Educação da Unicamp. Professora do curso de Pós-Graduação da Universidade Metodista e Diretora de Pesquisa do CERU
Publicado
2001-01-01
Como Citar
Demartini, Z. de B. (2001). Imigração e Educação: os portugueses em São Paulo no início do século XX. Cadernos CERU, 12, 161-169. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/ceru/article/view/75093
Seção
Dossiê Amazônia