Georges Perec e a gênese da literatura comparada

Autores

  • Renata Lopes Araujo Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-8051.cllh.2012.53655

Palavras-chave:

Georges Perec, literatura comparada, Le voyage d’hiver, intertextualidade, crítica literária

Resumo

O objetivo deste artigo é estabelecer as diferenças entre dois textos que, aparentemente, têm muito em comum, Crítica literária, história literária, literatura comparada, do crítico Paul Van Tieghen, e A viagem de inverno, do escritor Georges Perec. Apesar das grandes semelhanças – que podem conduzir o leitor a pensar até na hipótese de plágio –, os dois textos são fruto de concepções de literatura muito diferentes, e a relação entre eles põe em prática um princípio de escritura caro a Perec, o da intertextualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Lopes Araujo, Universidade de São Paulo

Doutoranda em Literatura junto à área de Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2021-07-01

Como Citar

Araujo, R. L. (2021). Georges Perec e a gênese da literatura comparada. Cadernos De Língua E Literatura Hebraica, (10), 113-119. https://doi.org/10.11606/issn.2317-8051.cllh.2012.53655

Edição

Seção

LITERATURA HEBRAICA E JUDAICA