[1]
R. K. Bines, “No estúdio verbal de Leila Danziger”, Cad. líng. lit. hebr., vol. 1, nº 12, abr. 2015.