A voz do protagonista afrodescendente em romances históricos hispano-americanos: invisibilidade do texto original e algumas (poucas) obras traduzidas no Brasil

Autores

  • Lilian Ramos da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.i16p73-88

Palavras-chave:

Protagonista afrodescendente. Romance histórico hispano-americano. Tradução no Brasil.

Resumo

O presente artigo refletirá sobre o insuficiente número de obras traduzidas no Brasil, publicadas no âmbito hispano-americano, que tratam da questão afrodescendente. A análise partirá dos resultados parciais da pesquisa “Vozes negras no romance hispano-americano”, cujo objetivo é investigar os romances que apresentem protagonistas negros e analisá-los com relação às suas atitudes e perspectivas na sociedade escravocrata, de que maneira (re)escrevem as histórias da escravidão nas Américas a partir do seu lugar de enunciação e como apresentam-se os vestígios recuperados das memórias da cultura afrodescendente. Na primeira etapa da pesquisa, foram listados os romances com protagonistas negros; na segunda, será elaborada uma tabela com os dados dos romances encontrados, incluindo suas traduções no Brasil; na terceira os romances serão analisados pelo grupo, inclusive na perspectiva comparada de tradução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lilian Ramos da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

É Doutora em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e professora de língua espanhola e suas respectivas literaturas na mesma universidade. Coordena a pesquisa Vozes negras no romance hispano-americano na qual busca analisar os romances escritos na América hispânica com protagonismo do negro. Atuou na Iniciação Científica e no Mestrado com orientação da Profa. Dra. Zilá Bernd nos seguintes projetos: CD-ROM Antologia de textos fundadores do comparatismo literário hispano-americano (2001); Americanidade e Transferências Culturais (2003) e Dicionário de Figuras de Mitos Literários das Américas (2007). Participa do Grupo de Pesquisa Hibridação Literária nas Américas no projeto Estética dos Vestígios (trace) na Contemporaneidade: Literatura das Américas entre Memória e Esquecimento.

Downloads

Publicado

2016-05-10

Como Citar

Silva, L. R. da. (2016). A voz do protagonista afrodescendente em romances históricos hispano-americanos: invisibilidade do texto original e algumas (poucas) obras traduzidas no Brasil. Cadernos De Literatura Em Tradução, (16), 73-88. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.i16p73-88

Edição

Seção

Tradução e negritude – aspectos teóricos