Antes do café da manhã

  • Eduardo Freitas de Souza
Palavras-chave: Eugene O’Neill, peça de um ato, teatro norte-americano, tragédia moderna, monólogo

Resumo

A Sra. Rowland acorda de manhã cedo e, com os nervos à flor da pele, já começa a beber e a reclamar da vida com Alfred, seu marido, que está no quarto ao lado e de quem só vemos a mão a uma certa altura e ouvimos um gemido. A Sra. Rowland mostra-nos sua perspectiva de seu casamento, da sua infelicidade e da sua desesperança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Freitas de Souza

Eduardo Freitas de Souza é analista da Embrapa Clima Temperado. Possui Licenciatura Plena em Letras (Português, Inglês e respectivas literaturas) pela Fundação
Universidade do Rio Grande. Cursos de pós-graduação em Tradução pela Universidade de São Paulo e Psicolinguística e Linguística Geral pela Universidade Federal de Santa Catarina. E curso de professor de inglês como segunda língua pela universidade Language Links, Perth, Austrália. Contato: edu.freitasdesouza@hotmail.com

Publicado
2017-09-30
Como Citar
de Souza, E. (2017). Antes do café da manhã. Cadernos De Literatura Em Tradução, (18), 27-41. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/clt/article/view/138636
Seção
Artigos