“Inverno in Abruzzo”, de Natalia Ginzburg: uma tradução comentada

Autores

  • Renata Silveira Lopes

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.v0i18p103-114

Resumo

Natalia Ginzburg (1916-1991) é considerada uma das principais representantes da literatura italiana do pós-guerra. Escritora amplamente traduzida, publicou romances, contos, ensaios e poemas, e foi também crítica literária, ativista política, deputada e tradutora. Sua vida, marcada pelo drama das perseguições políticas, deixou traços também em sua escrita, em que são comuns os temas da família, da memória e da perda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Silveira Lopes

Renata Silveira Lopes é formada em Letras, com Bacharelado em Língua e Literatura Italiana pela Universidade Federal Fluminense. Aficionada pela escrita autobiográfica e pela literatura feminina, dedica-se à obra da autora Natalia Ginzburg, desenvolvendo estudos na área de Tradução Literária, dentre eles uma análise comparativa de diferentes traduções do livro Le piccole virtù. É servidora
pública do Estado do Rio de Janeiro e traduz do italiano e do inglês. Contato: relopesrj@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

2017-09-30

Como Citar

Lopes, R. S. (2017). “Inverno in Abruzzo”, de Natalia Ginzburg: uma tradução comentada. Cadernos De Literatura Em Tradução, (18), 103-114. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.v0i18p103-114

Edição

Seção

Traduções comentadas