Aves sin nido, de Clorinda Matto de Turner: um romance peruano nos limiares da tradução cultural

  • Roseli Barros Cunha Universidade Federal do Ceará

Resumo

Neste artigo, o objetivo é tratar do romance Aves sin nido (1889) da autora peruana Clorinda Matto de Turner e de sua primeira tradução para a língua portuguesa do Brasil, ainda inédita. Abordo, seguindo a teoria de Genette ([1987] 2009), especificamente, elementos paratextuais presentes no romance. A localização de alguns peritextos na obra, nos quais são traduzidos termos e expressões da cultura quéchua e da região serrana peruana para a língua castelhana, são indícios de que a autora procurava construir um caminho de leitura para seu público. Ainda que se possa questionar a eficácia no romance em questão, tal procedimento representou, sem dúvida, uma etapa importante dentro da história da literatura peruana. Anos mais tarde, a proposta foi repensada e recriada por José María Arguedas ao longo de sua trajetória literária e denominada por Sales (2002) como “tradução cultural”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roseli Barros Cunha, Universidade Federal do Ceará

Pós-Doutora pela Universidade Federal de Minas Gerais/Pós-Lit. (2016-2017). Doutora (2005) e Mestre (1999) em Língua Espanhola, Literatura Espanhola e Hispano-Americana pela Universidade de São Paulo. Graduada e Licenciada em Letras Português e Espanhol pela USP (1995). Professora-Adjunta de Língua e Literaturas de Língua Espanhola do Departamento de Letras Estrangeiras da Universidade Federal do Ceará e do Programa de Pós-Graduação em Literatura Comparada (PPGLetras). Líder do GELTTE (Grupo de Estudos de Literatura, Tradução e suas Teorias) /CNPq/UFC. Autora de Transculturação narrativa: seu percurso na obra crítica de Ángel Rama (2007). Tradutora de Terra sem Mapa (2008), de Ángel Rama. Organizadora de Tinkuy, encontro com a literatura e cultura peruanas (2016). Autora de vários artigos científicos e capítulos de livros sobre a literatura, cultura e tradução na América Latina.

Publicado
2019-08-04
Como Citar
Cunha, R. (2019). Aves sin nido, de Clorinda Matto de Turner: um romance peruano nos limiares da tradução cultural. Cadernos De Literatura Em Tradução, (21), 88-100. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/clt/article/view/160693