Tradução do conto “Unguided Tour”, de Susan Sontag

Autores

  • Dinaura Julles Pontifícia Universidade Católica

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.i23p279-305

Palavras-chave:

Turismo sem Guia, Susan Sontag, Experiência estética, Derrida, Desconstrução

Resumo

Uma das facetas menos conhecidas da caleidoscópica Susan Sontag, que já foi chamada de a “intelectual total”, é a de escritora de contos. Notabilizada no jornalismo literário norte-americano como ensaísta em obras seminais, Susan Sontag permanece inédita no Brasil como escritora de contos. O objetivo deste trabalho é apresentar o extremo oposto da racionalidade aplicada aos seus ensaios. Como em um giro no caleidoscópio, surge sua polêmica e conturbada vida pessoal, espelhada no conto agora intitulado “Turismo sem Guia”, originalmente Unguided Tour, encontrado por acaso em uma publicação da Revista Granta, de 1994. A tradução procura proporcionar ao leitor uma experiência estética semelhante àquela do leitor do original. Foi preciso desmontar Unguided Tour, conforme sugerido por Derrida na sua proposta de “Desconstrução”, fragmentá-lo para identificar suas especificidades, como o encobrimento do gênero dos personagens, descrições de cenas do passado, menções a profissões antigas, referências bíblicas e a outras obras, e recompô-lo, com toda sua polissemia. Que seja um passeio proveitoso a quem enveredar por esta experiência de “Turismo sem Guia”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dinaura Julles, Pontifícia Universidade Católica

Formada em Jornalismo (Cásper Líbero), Tradução (PUC-SP) e pós-graduada em Tradução (USP). Tradutora com trinta anos de experiência em traduções financeiras, jurídicas e jornalísticas. Traduziu cinco livro da série Ted-Talks. Ministra a Oficina Online de Tradução de Textos da Área Jurídica-Financeira na PUC-SP. Participa do Programa de Aprimoramento em Tradução Literária da Casa Guilherme de Almeida.

Referências

AGUALUSA, José Eduardo. Palestra proferida por ocasião do lançamento do livro O Vendedor de Passados. São Paulo: Livraria da Vila, 12 jul 2008.

BENJAMIN, A. W. A tarefa-renúncia do tradutor. In: HEIDERMANN, W. (Org.). Clássicos da teoria da tradução. Tradução de Susana Kampff Lages. Florianópolis: UFSC. 2001. v. 1.

GOULART, Audemaro Taranto. Notas sobre o desconstrucionismo de Jacques Derrida. Belo Horizonte: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 2003. 28 p. Mimeografado.

MAGNOLI, Demétrio. Lições dos 30 anos da queda do Muro de Berlim. O Estado de Minas, Belo Horizonte, 9 nov. 2019. Disponível em: https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2019/11/09/interna_internacional,1099799/queda-do-muro-de-berlim-faz-30-anos-veja-relatos-de-quem-esteve-la.shtml. Acesso em: 06 set. 2020.

Downloads

Publicado

2021-07-12

Como Citar

Julles, D. . (2021). Tradução do conto “Unguided Tour”, de Susan Sontag. Cadernos De Literatura Em Tradução, (23), 279-305. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.i23p279-305

Edição

Seção

Prosa