“Resiste ao sangue e às cólicas”: “The G-Girl” e outros poemas de Tenzin Choezin

Autores

  • Pedro Mohallem Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.i24p97-104

Palavras-chave:

Tenzin Choezin, Questões de gênero, Tradição oral, Estrangeirização, Diálogo intercultural

Resumo

Os três poemas de Tenzin Choezin traduzidos neste artigo fornecem um vislumbre do mosaico intercultural que constitui as vidas tibetanas em exílio, ao mesmo tempo familiar nos temas que compartilha tradições literárias pelo mundo, como questões de gênero e histórias de fantasmas, e distinto no modo como os poemas estabelecem a relação do eu com o outro, bem como no uso criativo da língua anglo-tibetana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Mohallem, Universidade de São Paulo

Pedro Mohallem é bacharel em Letras Português-Inglês e mestrando em Estudos da Tradução pela Universidade de São Paulo. Poeta e tradutor, participou de revistas e antologias poéticas como a METEÖRO (Corsário-Satã, 2019) e a Poesia Brasileira em Contracorrente (Mondrongo, 2019). Autor de Véspera; Debris (Patuá, 2019), livro que reúne poemas autorais e traduções do francês e do inglês.

Referências

VENUTI, Lawrence. The translator’s invisibility: a history of translation. London/New York: Routledge, 1995.

Downloads

Publicado

2021-12-20

Como Citar

Mohallem, P. . (2021). “Resiste ao sangue e às cólicas”: “The G-Girl” e outros poemas de Tenzin Choezin. Cadernos De Literatura Em Tradução, (24), 97-104. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.i24p97-104

Edição

Seção

Artigos