Arquíloco em quatro versões

Autores

  • Marcelo Tápia Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.i9p27-56

Resumo

Este estudo focalizará o fragmento 13 de Arquíloco (adota-se
aqui a numeração de West) e diversas traduções que dele se fiseram, abordando-se analiticamente alguns de seus aspectos; para tanto, serão estabelecidas relações entre a criação do autor e a tradição da poesia oral grega, incluindo-se a análise de um elemento formular presente no fragmento elegíaco, especialmente considerado na observação das diferentes soluções tradutórias do poema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Tápia, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Marcelo Tápia é poeta, tradutor e editor. Graduado em Letras (Português e Grego) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), desenvolve atualmente tese de doutorado na área de Teoria Literária e Literatura Comparada.

Downloads

Publicado

2008-08-01

Como Citar

Tápia, M. (2008). Arquíloco em quatro versões. Cadernos De Literatura Em Tradução, (9), 27-56. https://doi.org/10.11606/issn.2359-5388.i9p27-56

Edição

Seção

Não definida