[1]
M. . Darmaros, “É hora! Dois poemas de Semion Nadson em tradução”, Cad. lit. tradução, nº 23, p. 57-66, jul. 2021.