Libras e a gestão compartilhada das águas: trocando experiências na produção de vídeos educomunicativos para a comunidade surda

Autores

  • Fernanda da Rocha Brando Universidade de São Paulo
  • Tabita Teixeira Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v25i2p197-208

Palavras-chave:

Surdo, Educação ambiental, Água, Educomunicação, TDIC

Resumo

A exclusão da comunidade surda ocorre, muitas vezes, devido à falta de acessibilidade deste público quanto às informações, ao conhecimento e aos poucos materiais educomunicativos disponíveis gratuitamente. Neste trabalho, o foco recai em materiais que abordam questões socioambientais relacionadas à água. A experiência relatada refere-se à produção de seis vídeos em Libras, sobre a temática água, realizada no segundo semestre de 2018, a partir de um estudo em conjunto com surdos de uma associação. Esses materiais estão disponíveis gratuitamente na Internet e têm como público-alvo indivíduos e comunidades surdas, profissionais e instituições que atuam na área. Espera-se que os vídeos despertem a curiosidade de seus visualizadores, a sensibilização e conscientização quanto à água e sirvam como ferramenta de estudo para possíveis ações e projetos de Educação Ambiental, promovendo, assim, a gestão compartilhada das águas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda da Rocha Brando, Universidade de São Paulo

Professora Associada do Departamento de Biologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP e orientadora do Programa de Pós-graduação em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais da mesma instituição.

Tabita Teixeira, Universidade de São Paulo

Mestra em Ciências pelo Programa de Pós-Gradução em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais da Universidade de São Paulo e Especialista em Educação Ambiental para a Sustentabilidade.

Referências

BASSO, Idavania Maria de Souza. Mídia e educação de surdos: transformações reais ou uma nova utopia? Ponto de Vista, Florianópolis, n. 5, p. 113-128, 2003. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/pontodevista/article/view/1247. Acesso em: 4 abr. 2017.

BRASIL. Lei nº 9.433, de 8 de janeiro de 1997. Institui a Política Nacional de Recursos Hídricos, cria o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, regulamenta o inciso XIX do art. 21 da Constituição Federal, e altera o art. 1º da Lei nº 8.001, de 13 de março de 1990, que modificou a Lei nº 7.990, de 28 de dezembro de 1989. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 9 jan. 1997. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9433.htm. Acesso em: 22 nov. 2017.

BRASIL. Lei nº 9.795 de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 28 abr. 1999. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm. Acesso em: 20 jan. 2017.

BRASIL. Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002. Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 25 abr. 2002. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10436.htm. Acesso em: 10 set. 2017.

BRASIL. Decreto nº 5.626, de 22 de dezembro de 2005. Regulamenta a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras, e o art. 18 da Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Decreto/D5626.htm. Acesso em: 29 out. 2017.

BRASIL. Lei Federal nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 7 jul. 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm. Acesso em: 28 nov. 2017.

BRASIL. Conama. Resolução nº 422, de 23 de março de 2010. Estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de Educação Ambiental, conforme Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 mar. 2010. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/educacao_ambiental/resolucao_conama_n422_2010.pdf. Acesso em: 28 nov. 2017.

FELS, Deborah et al. Sign language online with signlink studio 2.0. In: STEPHANIDIS, Constantine (ed.). Universal Access in Human-Computer Interaction. Applications and Services. Volume 5616. Berlin: Springer, 2009. p. 492-501. Disponível em: https://link.springer.com/chapter/10.1007/978-3-642-02713-0_52#citeas. Acesso em: 11 set. 2018.

GUIMARÃES, Angela Deise Santos. Leitores surdos e acessibilidade virtual mediada por tecnologias de informação e comunicação. 2009. Dissertação (Pós-graduação em Educação Profissional Tecnológica Inclusiva) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do estado de Mato Grosso, Cuiabá, 2009. Disponível em: http://bento.ifrs.edu.br/site/midias/arquivos/20100611100471angela_deise_santos_guimaraes.pdf. Acesso em: 3 nov. 2017.

PERES, Almeida. A utilização da ilustração e da imagem artística na divulgação científica para surdos. 2012. Dissertação (Mestrado em Química Biológica) – Instituto de Bioquímica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

PINHEIRO, Daiane; LUNARDI-LAZZARIN, Márcia Lise. Educação de surdos como efeito de produções culturais no contexto midiático You Tube. In: ENDIPE – ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICAS DE ENSINO, 16., 2012, Campinas. Anais […]. Campinas: UNICAMP, 2012. p. 2-13. Disponível em: http://endipe.pro.br/ebooks-2012/2772b.pdf. Acesso em: 11 set. 2018.

MIORANDO, Tania Micheline. Formação de profissionais: mais professores para a escola sonhada. In: QUADROS, Ronice Muller de (org.). Estudos Surdos I. Petrópolis: Arara Azul, 2006. p. 76-109.

SOUSA, Aline Nunes de. The book is not on the table: o desenvolvimento da escrita de surdos em Língua Inglesa (LE). In: QUADROS, Ronice Muller de; STUMPF, Marianne Rossi (org.). Estudos Surdos IV. Petrópolis: Arara Azul, 2009. p. 206-241.

TEIXEIRA, Tabita. Material educomunicativo para o ensino de surdos: Educação Ambiental para as águas. 2019. Dissertação (Mestrado profissional em Ensino de Ciências Ambientais) – Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2019.

TEIXEIRA, Tabita; CARAMANO, Adauto. ASJA Verde: intervenção participativa de educação ambiental na ASJA – Associação dos surdos de Jaú e região. Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 12, n. 4, p. 221-241, 2017.

TRAJBER, Rachel. Educomunicação para coletivos educadores. In: FERRARO JÚNIOR, Luiz Antônio (coord.). Encontros e Caminhos: Formação de Educadores Ambientais. Volume I. Brasília: MMA, 2005. p. 151-158.

Downloads

Publicado

2020-12-04

Como Citar

Brando, F. da R., & Teixeira, T. (2020). Libras e a gestão compartilhada das águas: trocando experiências na produção de vídeos educomunicativos para a comunidade surda. Comunicação & Educação, 25(2), 197-208. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v25i2p197-208

Edição

Seção

Experiência