Cultura digital e aprendizagem colaborativa:

estratégias virtuais pós-Covid 19

Autores

  • Ana Lucia de Souza Lopes Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Marili Moreira da Silva Vieira Universidade Presbiteriana Mackenzie

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v25i1p200-214

Palavras-chave:

Cultura digital, Aprendizagem colaborativa, Estratégias de ensino, Educação pós-Covid-19, Convergência de mídia

Resumo

Este artigo apresenta uma experiência com estratégias de ensino para a aprendizagem colaborativa em contextos virtuais, durante o isolamento social causado pela covid-19. A disciplina é Ciência, Tecnologia e Sociedade, com 30 estudantes do primeiro semestre do curso de Letras de uma universidade privada. As atividades-síntese consistiram na construção de um mural colaborativo utilizando a ferramenta padlet sobre o tema “O que é sociedade?” e no registro individual no Diário de Aprendizagem. Adotou-se análise qualitativa, buscando apreender como a articulação entre metodologia, uso de ferramentas digitais e a convergência de mídias contribui para a aprendizagem. Tecemos considerações acerca da incorporação da cultura digital nas práticas pedagógicas, a partir da percepção de aprendizagem significativa pelos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AUSUBEL, D. et al. Psicologia educacional. Rio de Janeiro: Interamericano, 1980.

BANNELL, R. I. et al. Educação no século XXI: cognição, tecnologias e aprendizagens. Petrópolis: Vozes, 2017.

BAZZO, W. A. (org.). Introdução aos estudos CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade). Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), 2003. Disponível em: http://www.oei.es/historico/salactsi/introducaoestudoscts.php. Acesso em: 17 jun. 2017.

DEWEY, J. Vida e educação. São Paulo: Nacional, 1950.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 27. ed. São Paulo: Paz & Terra, 1996.

JENKINS, H. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2006.

JENKINS, H. Cultura da conexão. São Paulo: Aleph, 2014.

LÉVY, P. As tecnologias da inteligência. São Paulo: Editora 34, 1993.

LÉVY, P. A inteligência coletiva. São Paulo: Loyola, 1999a.

MAHONEY, A; ALMEIDA, L. A constituição da pessoa na proposta de Wallon. São Paulo: Loyola, 2014.

MALAGGI, V.; TEIXEIRA, A. C. Comunicação, tecnologias interativas e educação: (re)pensar o ensinar-aprender na cultura digital. Curitiba: Appris, 2019.

MOREIRA, M. M.; MASINI, E. F. S. Aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Moraes, 1982.

PIAGET, J. Psicologia e pedagogia. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.

VIGOSTKY, L. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

Downloads

Publicado

2020-12-28

Como Citar

Lopes, A. L. de S., & Vieira, M. M. da S. . (2020). Cultura digital e aprendizagem colaborativa:: estratégias virtuais pós-Covid 19. Comunicação & Educação, 25(1), 200-214. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v25i1p200-214