Comunicação, educação e novas tecnologias: tríade do século XXI

Autores

  • Gullermo Orozco Gómez Universidade de Guadalajara

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v0i23p57-70

Palavras-chave:

novas tecnologias, consumo, aprendizado, ensino, política educacional, mercado

Resumo

O autor discute as novas tecnologias, a comunicação e a educação como um conjunto importante para a formação do cidadão na sociedade democrática. Chama a atenção para a importância da desnaturalização das tecnologias, mostrando como elas aparecem e são orientadas no sentido de políticas voltadas para o mercado e o consumo, menosprezando a lógica dos interesses de cada Estado-nação e das diferentes culturas. Outro aspecto que o artigo salienta é o da vinculação das novas tecnologias à educação. Aborda este tema a partir da racionalidade eficientista e da racionalidade da relevância. No primeiro caso, a prática consiste em incorporar as novas tecnologias ao processo educativo já estabelecido, sem preocupação com a efetiva aprendizagem. No segundo caso, trata-se de priorizar o aprendizado, reorientando a lógica das tecnologias para uma apropriação que parte da realidade cultural do educando e tem como finalidade a transformação do sentido da instituição escolar. Ao final, destaca o papel do comunicador na reorientação dos meios de comunicação e no acompanhamento do processo educativo.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2002-04-30

Como Citar

Gómez, G. O. (2002). Comunicação, educação e novas tecnologias: tríade do século XXI. Comunicação & Educação, (23), 57-70. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v0i23p57-70