Educomunicação e terceiro entorno: diálogos com Galimberti, Echeverría e Martín-Barbero

  • Ismar de Oliveira Soares Universidade de São Paulo
Palavras-chave: tecnologias da informação, teoria da ação, terceiro entorno, ecossistema comunicativo, educomunicação.

Resumo

O artigo busca novos enfoques para o entendimento da relação entre tecnologia e educação no contexto das áreas de intervenção social do emergente campo da Educomunicação. O objetivo é identificar autores que oferecem subsídios para
entender a natureza das mediações que se fazem presentes a partir e em função das tecnologias, tomadas como elemento
constitutivo da sociedade da informação, em que opera o agir educomunicativo. A opção pelos autores Umberto Galimberti,
Javier Echeverría e Jesús Martín-Barbero permite entender como, a partir da Teoria da ação, o sujeito educomunicativo pode ambientar-se no terceiro entorno, construindo um ecossistema comunicativo aberto, democrático e participativo, superando a perspectiva funcional e instrumental pela qual as tecnologias têm sido apresentadas, vendidas e majoritariamente implantadas pelos sistemas educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ismar de Oliveira Soares, Universidade de São Paulo
Professor titular do Departamento de Comunicações e Artes da ECA/USP. Coordenador do Núcleo de Comunicação e Educação (NCE). Membro do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais (Vaticano 2001-2009). Coordenador do Projeto Mídias na Educação, do MEC, para o Estado de São Paulo.
Publicado
2010-12-30
Como Citar
Soares, I. (2010). Educomunicação e terceiro entorno: diálogos com Galimberti, Echeverría e Martín-Barbero. Comunicação & Educação, 15(3), 57-66. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v15i3p57-66
Seção
Artigos Nacionais