[1]
M. de A. P. Venancio e A. Farbiarz, “Do prazer ao pensamento crítico em Harry Potter”, Comun. Educ., vol. 22, nº 2, p. 77-84, nov. 2017.