[1]
I. A. Marques, “Apreciação e interatividade: casos que dançam”, Comun. Educ., nº 19, p. 39-45, dez. 2000.