[1]
M. I. C. Magno, “Uma novela de Rosa: um auto de Suassuna e um encontro entre o erudito, o popular e o massivo que o cinema e a televisão possibilitam”, Comun. Educ., vol. 15, nº 3, p. 137-147, dez. 2010.