INVENTÁRIO DOS BENS CULTURAIS RELATIVOS AO PLANO DE AÇÃO DO GOVERNO CARVALHO PINTO (1959-1963)

Autores

  • Mônica Junqueira de Camargo Universidade de São Paulo, São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0iesp21p164-203

Palavras-chave:

Arquitetura paulista, Arquitetura moderna, Patrimônio arquitetônico

Resumo

O inventário desta documentação revela as diretrizes e ações de um importante Plano de Governo nunca antes perscrutado. O Plano de Ação do Governo Carvalho Pinto (1959-1963) – PAGE, como era conhecido – teve por objetivo a criação de uma tecnocracia democrática para racionalizar o serviço público e promover o desenvolvimento do Estado de São Paulo, cujos investimentos foram estruturados em três setores: 1- melhoria das condições do Homem, que incluía as áreas de educação, cultura e pesquisa; justiça e segurança; saúde pública e assistência social, e sistemas de água e esgoto; 2- infraestrutura, abrangendo energia; ferrovias; rodovias; pontes municipais; aeroportos, portos e navegação; e 3- expansão agrícola. Esses investimentos resultaram em mais de mil projetos, envolvendo cerca de 160 arquitetos, que nunca foram estudados no seu conjunto. Não mais que uma dezena é conhecida pela notoriedade de seus autores e ainda assim quase nunca relacionada ao PAGE. Dispersas em centenas de municípios do estado de São Paulo, essas obras têm sua documentação também espalhada por diversos arquivos públicos: IPESP; FECE; CPOS; SEF-USP; secretarias da Agricultura e da Saúde, além dos arquivos dos próprios arquitetos. Periódicos especializados, a grande imprensa e os depoimentos dos vários envolvidos têm revelado aspectos desconhecidos e importantes para a restituição do processo. O inventário, que vem sendo realizado sob a coordenação do IAU-USP em parceria com a FAU-USP, com apoio da Fapesp e do Condephaat, tem reunido extensa e diversificada documentação inédita que contribui ao estudo da arquitetura moderna brasileira e abre inúmeras oportunidades de pesquisa e de revisão da história desse período.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Junqueira de Camargo, Universidade de São Paulo, São Paulo

Arquiteta, doutora em História da Arquitetura e livre-docente pela Universidade de São Paulo. Docente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde desenvolve a linha de pesquisa Arquitetura e Cidade Moderna e Contemporânea, particularmente arquitetura brasileira e patrimônio histórico. Diretora do Centro de Preservação Cultural da USP (2014-atual). E-mail: junqueira.monica@usp.br

Downloads

Publicado

2016-07-29

Como Citar

Camargo, M. J. de. (2016). INVENTÁRIO DOS BENS CULTURAIS RELATIVOS AO PLANO DE AÇÃO DO GOVERNO CARVALHO PINTO (1959-1963). Revista CPC, (esp21), 164-203. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0iesp21p164-203

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>