Análise do estado de conservação e as formas de alteração nos monumentos pétreos da cidade de São Paulo

Autores

  • Eliane Aparecida Del Lama Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i23p207-225

Palavras-chave:

Monumento, Pedra, Alteração

Resumo

A cidade de São Paulo conta com inúmeros monumentos e edifícios confeccionados em pedra, principalmente no Centro Velho, que até o começo do século XX era um pequeno núcleo urbano. Apenas após o progresso trazido pelo açúcar e pelo café, São Paulo transforma-se numa cidade moderna. Dentre as pedras observadas citam-se granitos, rochas sedimentares e metamórficas, compondo uma grande diversidade pétrea. Todos os monumentos, por se situarem em ambientes externos, são afetados por processos intempéricos, com contribuição adicional da ação de micro-organismos e da poluição. São identificadas várias formas de intemperismo, tais como: depósito, incrustação, alteração cromática, mancha, alveolização, colonização biológica, eflorescência, concreção, esfoliação, lacuna, lascagem, sujidade, ocorrência de fraturas e fissuras. Além do intemperismo, os monumentos também estão sujeitos à ação do vandalismo, principalmente na forma de pichações, sendo estas ações bastante intensas. Para a caracterização do estado de conservação dos monumentos, além dos métodos tradicionais, a utilização de métodos não destrutivos, tais como determinação de velocidade ultrassônica, espectrofotometria, esclerometria e absorção de água, são bastante eficazes, pois não provocam danos físicos e estéticos às obras. A importância desses métodos é devida à obtenção de parâmetros físicos diretamente nos monumentos, sem subtração de amostras, preservando a integridade com produção de grande volume de dados in situ, sendo desta forma mais viáveis e adequados para os estudos em preservação do patrimônio cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliane Aparecida Del Lama, Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo

Geóloga, Professora Associada do Instituto de Geociências – Universidade de São Paulo. São Paulo – SP, Brasil.  

Downloads

Publicado

2017-08-09

Como Citar

Del Lama, E. A. (2017). Análise do estado de conservação e as formas de alteração nos monumentos pétreos da cidade de São Paulo. Revista CPC, (23), 207-225. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i23p207-225

Edição

Seção

Dossiê