Estudos sobre a corrosão do latão em ambiente interno de um museu

Autores

  • Marcus Granato Universidade Federal do Rio de Janeiro; Coppe
  • Leandro R. dos Santos Universidade Federal do Rio de Janeiro; Coppe
  • Luiz R. M. de Miranda Universidade Federal do Rio de Janeiro; Coppe

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i4p114-138

Palavras-chave:

Corrosão atmosférica, Latão, Conservação de metais

Resumo

Os bens culturais são o produto e o testemunho das tradições e realizações intelectuais do passado e, dentre eles, as coleções de instrumentos científicos históricos constituem- se em testemunhos significativos da história da ciência. Neste trabalho, são apresentados resultados de estudos sobre a corrosão atmosférica do latão, um dos principais constituintes metálicos desses instrumentos, em seu próprio ambiente de guarda, um ambiente interno típico de um museu situado em região de clima tropical. Os estudos, com duração de 300 dias, utilizaram peças de latão, em composição similar àquela encontrada nas peças dos instrumentos, em testes preliminares, de exposição ao ambiente e em teste acelerado (imersão- emersão). Foi possível, em linhas gerais, simular de forma acelerada o processo real de corrosão atmosférica, através de testes de imersão- emersão adaptados, e os resultados obtidos por técnicas instrumentais de microscopia eletrônica de varredura (SEM) e difração de raios- X (DRX) mostraram que o primeiro produto de oxidação formado foi a cuprita, e que o processo mostrou- se muito lento. Não foi possível identificar compostos contendo enxofre, porém as análises por SEM mostraram a presença desse elemento na superfície das placas. Os resultados das análises por espectroscopia de retro- espalhamento Rutherford (RBS) e SEM permitem sugerir, a partir da medida de espessura das camadas de produtos de corrosão formadas, uma relação entre as escalas de tempo dos testes de imersão- emersão e de exposição atmosférica, resultando que cada 30 dias de ensaio acelerado corresponderam a cerca de 300 dias de exposição ao ambiente estudado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-10-01

Como Citar

Granato, M., Santos, L. R. dos, & Miranda, L. R. M. de. (2007). Estudos sobre a corrosão do latão em ambiente interno de um museu . Revista CPC, (4), 114-138. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i4p114-138

Edição

Seção

Conservação e Restauração