Diacronia edilícia: descrevendo transformações em fachadas históricas do Recife

Autores

  • Elisa Vaz MDU; rograma de Pós- Graduação em Desenvolvimento Urbano; Departamento de Arquitetura e Urbanismo
  • Luiz Manuel do Eirado Amorim MDU; rograma de Pós- Graduação em Desenvolvimento Urbano; Departamento de Arquitetura e Urbanismo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i7p99-126

Palavras-chave:

Morfologia da arquitetura, Diacronia, Conservação

Resumo

Este artigo apresenta uma análise de transformações diacrônicas de natureza formal em fachadas históricas de casas geminadas no Recife, Brasil. A apreciação do fenômeno se dá através do desenvolvimento de um método de representação, descrição e análise das alterações compositivas, observados o plano da fachada, as superfícies, linhas e vazios da composição. O conjunto analisado, composto por 53 edificações térreas alteradas entre os anos de 1959 e 1970, foi comparado aos princípios compositivos oitocentistas expressos nas leis municipais e agrupado por graus de modificação. Imagina- se que este procedimento auxilie o desenvolvimento de investigações de natureza histórica, estratégias de conservação e projetos de restauração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-04-01

Como Citar

Vaz, E., & Amorim, L. M. do E. (2009). Diacronia edilícia: descrevendo transformações em fachadas históricas do Recife . Revista CPC, (7), 99-126. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i7p99-126

Edição

Seção

Conservação e Restauração