Educação patrimonial e construção de identidades: diálogos, dilemas e interfaces

  • Átila Bezerra Tolentino Ministério da Economia, João Pessoa, Paraíba, Brasil
Palavras-chave: Patrimônio cultural, Memória social, Educação patrimonial

Resumo

Este artigo procura esboçar uma visão crítica sobre o processo de constituição dos patrimônios culturais e sua relação com os processos educativos que tenham como base o patrimônio cultural, sobretudo nos trabalhos que envolvem comunidades. A partir de autores que consideram o patrimônio cultural e a memória como categorias de pensamento, delineia os dilemas, conflitos e jogos de poder que envolvem a conformação de patrimônios e memórias coletivas e como esse processo deve ser considerado na perspectiva da educação patrimonial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Átila Bezerra Tolentino, Ministério da Economia, João Pessoa, Paraíba, Brasil

Licenciado em Letras e especializado em Gestão de Políticas Públicas de Cultura pela Universidade de Brasília. Mestre em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba. Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamentalno Ministério da Economia. Atuou junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, no período de 2004 a 2018, onde coordenou as ações da Casa do Patrimônio da Paraíba, projeto de 
educação patrimonial vinculado à Superintendência do Iphan nesse estado.

Publicado
2019-08-30
Como Citar
Tolentino, Átila. (2019). Educação patrimonial e construção de identidades: diálogos, dilemas e interfaces. Revista CPC, 14(27esp), 133-148. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v14i27espp133-148