Estudo integrado a propósito da conservação e restauro de um altar portátil com representação simbólica da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.

Autores

  • Daniela Soares Morgadinho
  • Fernando dos Santos Antunes Escola Superior de Tecnologia de Tomar - Instituto Politécnico de Tomar (ESTT-IPT)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i14p106-138

Palavras-chave:

Altar portátil. Iconografia e Iconologia. Conservação e restauro de madeira policromada.

Resumo

Este artigo apresenta um breve estudo integrado, ao nível histórico-artístico, iconográfico-iconológico e tecnológico dedicado a um altar portátil, em madeira policromada, com temática alusiva à Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. O estudo inclui, igualmente, o levantamento e caracterização do estado de conservação do bem cultural e referência aos tratamentos efetuados, para lhe devolver estabilidade física, bem como restituir os respetivos valores formais e compositivos – estéticos e simbólicos – que estavam comprometidos pelo adiantado estado de deterioração. O estudo e identificação, dos materiais constituintes, tiveram como principais objetivos tentar situar o objeto num período de produção artística, o conhecimento do seu estado de  conservação e, complementarmente, fundamentar a  metodologia de intervenção a desenvolver. Estudo possível, através da utilização de diversos métodos de exame e análise, entre os quais contam-se a microscopia ótica (MO); cortes estratigráficos; cortes histológicos; identificação e caracterização de fibras vegetais; testes microquímicos ou análises com reagentes; identificação e caracterização de produtos de corrosão dos elementos metálicos; fotografia de
fluorescência de ultravioletas (UV); microfluorescência de raios-X de energia dispersiva (μ-FRX); e espectroscopia Raman (μ-Raman). Antecipando alguns resultados a que chegamos pudemos concluir que os materiais e técnicas identificadas correspondem à época de produção. Contudo, foram ainda
detetadas outras intervenções desenvolvidas ao longo da história e em épocas não determinadas. Este estudo foi realizado pelo Laboratório de Conservação e Restauro de Madeiras (Lab.CR-Madeiras), no âmbito do processo educativo/formativo dos Cursos de Licenciatura e Mestrado em Conservação e Restauro, da Escola Superior de Tecnologia de Tomar (ESTT) do Instituto Politécnico de Tomar (IPT).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Soares Morgadinho

Mestranda, finalista do Curso de Mestrado em Conservação e Restauro, Perfil: Património Móvel –
Especialidade Mobiliário, e Licenciada em Conservação e Restauro, pela ESTT-IPT.

Fernando dos Santos Antunes, Escola Superior de Tecnologia de Tomar - Instituto Politécnico de Tomar (ESTT-IPT)

Doutorando em Conservação de Bens Culturais – Especialização em Pintura, e, cumulativamente, investigador do Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR), da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa (EA-UCP) – Campus da Foz, Porto; Mestre em História da Arte – Teorias da Conservação e Restauro do Património Artístico, pela Universidade Lusíada de Lisboa; Licenciado em Arte, Arqueologia e Restauro – Ramo Arte Lusíada, e Bacharel em Tecnologia em Conservação e Restauro, pela ESTT-IPT; Conservador Restaurador responsável pelo Lab.CR-Madeiras, e Docente dos Cursos de Licenciatura e Mestrado em Conservação e Restauro da ESTT-IPT.

Downloads

Publicado

2012-10-07

Como Citar

Morgadinho, D. S., & Antunes, F. dos S. (2012). Estudo integrado a propósito da conservação e restauro de um altar portátil com representação simbólica da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Revista CPC, (14), 106-138. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i14p106-138

Edição

Seção

Conservação e Restauração