Reflexões sobre o processo de elaboração da Política de Preservação e Gestão de Acervos Culturais das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz – Fiocruz

Autores

  • Marcos José de Araújo Pinheiro Casa de Oswaldo Cruz
  • Carla Maria Teixeira Coelho Casa de Oswaldo Cruz
  • Liene Wegner Casa de Oswaldo Cruz/ Fiocruz

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i17p18-34

Palavras-chave:

Política de preservação, Patrimônio cultural, Gestão (termo genérico, sugestão, Gestão de documentos ou Acervo – referência, Vocabulário controlado SIBi)

Resumo

A Casa de Oswaldo Cruz (COC) é a unidade técnico-científica da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) responsável pela preservação e valorização da memória da instituição em seus campos de atuação. A equipe técnica da COC desenvolve ações de preservação de edifícios históricos, sítios urbanos, acervos arquivísticos, bibliográficos e museológicos que representam importante fonte de conhecimento. Como resultado da experiência e do amadurecimento da COC no que tange aos seus processos de trabalho e instrumentos de gestão e de planejamento institucional foi identificada a necessidade de elaboração de uma Política de Preservação e Gestão de Acervos. O processo de elaboração desse documento teve início no começo de 2012, com a criação de um grupo de trabalho composto por integrantes dos diferentes departamentos e coordenado pela Vice-Diretoria de Informação e Patrimônio Cultural. O documento base elaborado tem como objetivo definir princípios, diretrizes e orientações que devem reger as atividades de gestão e preservação dos acervos culturais das ciências e da saúde sob a guarda da COC.

O processo de construção coletiva do documento contempla sua avaliação por consultores externos ad hoc, um período de consulta interna e sua submissão ao Conselho Deliberativo da unidade para aprovação, e tem contribuído para uma maior integração entre as diferentes áreas envolvidas. O presente trabalho busca refletir sobre o processo de elaboração – ainda em andamento – da Política de Preservação e Gestão de Acervos Culturais das Ciências e da Saúde e discutir os futuros desdobramentos desse trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-23

Como Citar

Pinheiro, M. J. de A., Coelho, C. M. T., & Wegner, L. (2013). Reflexões sobre o processo de elaboração da Política de Preservação e Gestão de Acervos Culturais das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz – Fiocruz. Revista CPC, (17), 18-34. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i17p18-34

Edição

Seção

Artigos