A história que foi usada nos tombamentos e na conservação da Casa do Conselheiro Rodrigues Alves

Autores

  • Lucília Santos Siqueira Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Guarulhos, São Paulo, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i19p49-79

Palavras-chave:

Patrimônio cultural. Tombamento. História de São Paulo (Estado)

Resumo

Francisco de Paula Rodrigues Alves (1848-1919) foi Presidente da República do Brasil entre 1902 e 1906. A casa em que morou em Guaratinguetá (SP), construída em taipa nos meados do século XIX, foi tombada nos níveis federal e estadual. Por meio dos processos de tombamento e de alguns eventos relativos à conservação deste bem cultural, examinamos os conteúdos históricos que circularam nos órgãos de patrimônio entre a década de 1960 e o começo do século XXI. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucília Santos Siqueira, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Guarulhos, São Paulo, Brasil

Francisco de Paula Rodrigues Alves (1848-1919) foi Presidente da República do Brasil entre 1902 e 1906. A casa em que morou em Guaratinguetá (SP), construída em taipa nos meados do século XIX, foi tombada nos níveis federal e estadual. Por meio dos processos de tombamento e de alguns eventos relativos à conservação deste bem cultural, examinamos os conteúdos históricos que circularam nos órgãos de patrimônio entre a década de 1960 e o começo do século XXI.

Downloads

Publicado

2015-06-16

Como Citar

Siqueira, L. S. (2015). A história que foi usada nos tombamentos e na conservação da Casa do Conselheiro Rodrigues Alves. Revista CPC, (19), 49-79. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i19p49-79

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)