Redes sociais e capital social na formação de redes socioprodutivas: Estudo em uma feira de confecções de Fortaleza

Autores

  • Regina Heloisa de Oliveira Maciel Universidade de Fortaleza; Programa de Pós-Graduação
  • João Bosco Feitosa dos Santos Universidade Estadual do Ceará
  • Tereza Gláucia Rocha Matos Universidade de Fortaleza; Programa de Pós-Graduação em Psicologia
  • Luciana Maria Maia Universidade de Fortaleza; Programa de Pós-Graduação em Psicologia
  • Marselle Fernandes Fontenelle Universidade de Fortaleza

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17i1p33-47

Resumo

Este ensaio discute as noções de trabalho informal, redes sociais e capital social na busca pela proposição de uma reflexão para o que se denomina de redes socioprodutivas, tendo como campo empírico as feiras do Centro de Fortaleza. Para marcar os aspectos da informalidade e as características das redes que sustentam esse tipo de atividade, foi realizada uma entrevista em profundidade com um produtor/feirante. Também se incluíram observações in loco e pesquisa bibliográfico-documental, que auxiliaram na contextualização histórica das feiras e na descrição da informalidade em Fortaleza, tendo como fontes matérias de jornais e dados dos órgãos oficiais do Governo. Nas considerações finais, mostra-se que o estudo das feiras, com suporte nesse ponto de vista, pode melhor esclarecer as vivências dos trabalhadores, produtores/feirantes, que vivem e sobrevivem da informalidade e discute-se o potencial desse enfoque para o entendimento das atividades que ocorrem nas feiras e das relações sociais e produtivas que ali se estabelecem, propondo a expressão "rede socioprodutiva" para instigar o debate que deve ser considerado em outros estudos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-06-01

Como Citar

Maciel, R. H. de O., Santos, J. B. F. dos, Matos, T. G. R., Maia, L. M., & Fontenelle, M. F. (2014). Redes sociais e capital social na formação de redes socioprodutivas: Estudo em uma feira de confecções de Fortaleza. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 17(1), 33-47. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17i1p33-47

Edição

Seção

Artigos Originais