Trabalho, trabalhadores e questão social na sociabilidade capitalista

Autores

  • Reginaldo Guiraldelli Universidade de Brasília; Departamento de Serviço Social; Programa de Pós-Graduação em Política Social

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17i1p101-115

Resumo

Este ensaio, por meio de revisão da literatura, analisa as transformações societárias em curso que afetam o mundo do trabalho e a vida em sociedade, provocando o acirramento da questão social, compreendida como resultante das contradições entre capital e trabalho. Em linhas gerais, tendo em vista o acúmulo de conhecimento produzido no campo das ciências sociais e humanas acerca do tema, são apresentados elementos acerca das alterações desencadeadas no mundo do trabalho e seus reflexos para os trabalhadores em tempos de crise do capital. Dentre as consequências dessas transformações estão a intensificação e a expansão de formas precárias de trabalho, o agravamento do pauperismo, o avanço do desemprego, a informalidade, as subcontratações, a miséria e a perda de direitos sociais. Tal quadro esboça, para o conjunto da classe trabalhadora, por meio de organizações e lutas coletivas, desafios com vistas à superação da sociabilidade capitalista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-06-01

Como Citar

Guiraldelli, R. (2014). Trabalho, trabalhadores e questão social na sociabilidade capitalista. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 17(1), 101-115. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17i1p101-115

Edição

Seção

Artigos Originais