Trabalho e trabalhadores dos canaviais: perfil dos cortadores de cana da região de Ribeirão Preto (SP)¹

Autores

  • Leandro Amorim Rosa Universidade de São Paulo; Programa de Pós-graduação em Psicologia
  • Vera Lucia Navarro Universidade de São Paulo; Departamento de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17i1p143-160

Resumo

A cultura de cana-de-açúcar é uma das mais importantes atividades da agroindústria do Brasil e atualmente encontra-se em expansão. Na agroindústria canavieira ocorreram mudanças no processo produtivo que, por um lado resultaram em aumento significativo da produtividade, competitividade e melhoria na qualidade dos produtos e, por outro, são relacionadas à maior precarização e intensificação do ritmo de trabalho. A pesquisa que resultou neste artigo teve por objetivo conhecer o perfil dos trabalhadores envolvidos nesta atividade e investigar as suas condições de trabalho no corte da cana-de-açúcar na região de Ribeirão Preto, SP. Foram entrevistados 13 trabalhadores, migrantes, empregados no corte da cana, um membro da Pastoral do Migrante de Guariba, SP, o presidente do Sindicato dos Empregados Rurais da mesma localidade e dois psicólogos funcionários da área de Recursos Humanos de uma usina processadora de açúcar e álcool da região pesquisada. Os dados obtidos demonstraram que os trabalhadores, em sua maioria migrantes, para serem contratados são avaliados segundo sua capacidade de produção, sua resistência física e sua subordinação aos superiores. O salário por produção implica a superexploração da força de trabalho que repercute nas condições laborais e de saúde dos trabalhadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-06-01

Como Citar

Rosa, L. A., & Navarro, V. L. (2014). Trabalho e trabalhadores dos canaviais: perfil dos cortadores de cana da região de Ribeirão Preto (SP)¹. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 17(1), 143-160. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v17i1p143-160

Edição

Seção

Artigos Originais